Massoterapia – Massagem Energética, Shiatsu, Sushô, Estética e Terapêutica

A prática da massagem remonta há milhares de anos; para sermos mais exatos, desde os promórdios da existência humana. Os primeiros homens, quando se machucavam, imperceptivelmente se auto-aplicavam massagem através do toque que aliviava, aquecia e curava.

Atualmente, existem várias técnicas de massagem e também outros tipos de terapias que, quando aplicados em conjunto, produzem resultados maravilhosos. Shiatsu, Ayurvédica, Tui-Ná, Aromaterapia, Quiroprática, Reiki, Florais… as técnicas são muitas, mas o objetivo é essencialmente um: promover bem-estar e melhorar a qualidade de vida da outra pessoa.

Na Massagem Terapêutica, o objetivo fundamental é alívio (e podemos até falar na total extinção) de estados desagradáveis. E para um trabalho completo e eficaz, procura-se, com o auxílio dos conhecimentos da medicina chinesa, equilibrar também o lado energético do indivíduo, o que efetivamente promove bem-estar. Durante a massagem são avaliados e equilibrados os meridianos energéticos do corpo, e o trabalho é global, para promover melhorias e equilíbrio em todos os aspectos orgânicos e mentais do indivíduo.

Atualmente, o stress da vida agitada que levamos é responsável por vários estados físicos e mentais muito incômodos: dor de cabeça, enxaqueca, dos nas costas, problemas musculares e circulatórios, fadiga, depressão, insônia. Estes estados, e vários outros, podem ser eficientemente tratados com massagem terapêutica. Após as primeiras sessões já é possível perceber os grandes benefícios dessa prática que cuida de corpo, mente e espírito.

A massagem exerce três efeitos básicos no paciente: mecânicos, fisiológicos e psicológicos.

Efeitos Mecânicos da Massagem:

Movimento de:

Linfa;
Sangue Venoso;
Secreções pulmonares;
Edema;
Conteúdo intestinal;
Conteúdo de hematomas;

Mobilizações de:
Fibras musculares;
Massas musculares;
Tendões;
Tendões em bainhas;
Pele e tecido subcutâneo;
Tecido cicatricial;Aderências.

Efeitos Fisiológicos da Massagem:

– Aumento da circulação sanguínea e linfática;
– Aumento do fluxo de nutrientes;
– Remoção dos produtos catabólicos e metabólitos;
– Estimulação do processo de cicatrização;
– Resolução do edema e hematoma crônico;
– Aumento da extensibilidade do tecido conjuntivo;
– Alívio da dor;
– Aumento dos movimentos das articulações;
– Facilitação da atividade muscular;
– Estimulação das funções autonômicas;
– Estimulação das funções viscerais;
– Remoção das secreções pulmonares;Estímulo sexual;
– Promoção do relaxamento local e geral.

Efeitos Psicológicos da Massagem:

– Relaxamento físico;
– Alívio da ansiedade e tensão (estresse);
– Estimulação da atividade física
– Alivio da dor;
– Sensação geral de bem estar (conforto);
– Estímulo sexual
– Fé em geral na deposição das mãos.

Massagem Estética

A massagem estética desobstrui os poros, deixa a pele hidratada e mais delicada. Atua sobre as células mortas, apressando sua eliminação, estimula a circulação sangüínea ocorrendo hiperemia local.

Atua na eliminação de retenção de líquido devido a sua atuação também o sistema linfático. Quando adequadamente aplicada, agrega a utilização de cosméticos lipolíticos onde os efeitos benéficos da massagem estética corporal são intensificas.

A maior parte dos problemas estéticos é de etiologia multifatorial, ou Seja, de várias causas.

Fatores ambientais, culturais, genéticos, psicossociais e idade estão diretamente relacionados ao surgimento de transtornos estéticos. Portanto a massagem não deve ser utilizada como único recurso como tratamento estético, para isso o profissional massoterapeuta deve estar preparado para orientar o paciente quanto a cuidados com alimentação, prática de atividades físicas, consumo de água, utilização de filtro solar, dentre outros. É importante que o massoterapeuta atue com o espírito de multidisciplinaridade, e indique ao paciente que procure orientação e tratamento com outros profissionais da saúde, dependendo das necessidades do paciente.

Indicações da Massagem Estética:

Combater a hidrolipodistrofiaginóide (celulite), combater a gordura localizada, hidratar a pele, relaxar a musculatura, ativar a circulação sangüínea; ajuda a combater a flacidez, prevenir estrias e varizes.

Ação da Massagem Estética

· Sobre o Tecido Tegumentar:

Mediante a troca de líquidos (arterial / intersticial / intracelular / linfático ou venoso) temos a revitalização dos tecidos por desintoxicação e nutrição dos mesmos.

· Sobre o Tecido Adiposo:

Não há comprovações científicas de que a massagem atue na remoção ou “quebra” de moléculas de gordura. Porém é observável na prática que após algumas sessões de massoterapia a aparência do tecido adiposo se torna mais uniforme. Uma teoria é a de que o favorecimento da troca de líquidos implicará na melhora da circulação periférica que dá condições aos adipócitos, em especial os superficiais, de “manterem” sua carga, impedindo a sedimentação que dá origem à celulite, melhorando o aspecto do tecido.

· Sobre o Tecido Muscular:

A massagem desintoxica a musculatura pelo retorno venoso e linfático, nutre e, dependendo das manobras utilizadas, como percussões e pinçamento, podem melhorar as propriedades de contratilidade muscular, favorecendo o aumento do tônus muscular, quando associado a atividades físicas.

· Sobre a Circulação:

Quando se realiza manobras centrípetas, direcionadas aos gânglios linfáticos, indicados conforme a região tratada, a massagem auxilia o melhor retorno linfático e venoso. Ocorre vaso dilatação dos vasos sanguíneos, aumentando o aporte nutritivo aos tecidos da região tratada.