Cardíaco ou Sanguíneo

obs: Não siga uma dieta alimentar sem antes consultar um especialista. Será prejudicial a sua saúde.

Como forma de proteção, geralmente nos apresentamos como um biotipo e somos outro.

Temos características de todos os biotipos, mas apenas 1 prevalece.

Aproveitamentos/ Dicas da Dieta

Lombo de Porco Assado


INGREDIENTES:

Lombo de Porco
Hortelã
Sal
Inhame
Linguiça pura de porco

MODO DE FAZER:

Recheie o lombo de porco com a linguiça.
Tempere com sal e hortelã a gosto (lembre-se: o sal é teu remédio, ativando seus rins, movimentando os líquidos do teu organismo, equilibrando o excesso de fogo no coração)
Asse e deguste com inhame cozido.

Bolinho de Feijoada


INGREDIENTES:

– 4 litros de água
– 1 kg de feijão preto
– 200 g de carne de porco seca dessalgada e cortada em cubinhos
– 200 g de lombo dessalgado e cortado em cubinhos
– 200 g de costelinha dessalgada (ou defumada)
– 2 lingüiça calabresa cortada em cubos
– 2 paio cortado em cubos
– 80 ml de azeite
– sal à gosto
– 600 g de farinha de mandioca amarela (fina que não seja torrada)
– 100g de polvilho azedo
– 500 g de bacon cortado em cubinhos
– farinha de Rosca própria para empanar

MODO DE FAZER:

1- Numa panela de pressão coloque os 4 litros de água, o feijão preto, a carne de porco seca dessalgada e cortada em cubinhos, o lombo dessalgado e cortado em cubinhos, a costelinha dessalgada (ou defumada), a lingüiça calabresa cortada em cubos e o paio cortado em cubos. Tampe a panela e coloque em fogo médio por +/- 1 hora, contados após pegar pressão. Retire totalmente a pressão e abra a panela.
2 – Transfira o feijão, o caldo e as carnes para um liquidificador (faça isso por partes) e bata bem.
3- Numa panela grande aqueça o azeite, refogue o feijão batido e acerte o sal.
4- Aos poucos vá acrescentando a farinha de mandioca amarela (fina que não seja torrada) sem parar de mexer. Mexa vigorosamente até o tutu soltar do fundo da panela. Coloque esse tutu pronto em um recipiente para esfriar.
5- Depois do tutu frio, incorpore o polvilho azedo e trabalhe bem a massa para que fique homogênea (bem lisinha). Reserve.
6- Enquanto isso, numa panela doure o bacon cortado em cubinhos, sal a gosto e desligue o fogo rapidamente.
7- Pegue uma porção da massa e abra um disco na palma de uma mão. Passe na farinha para empanar e frite os bolinhos em óleo bem quente.

Se desejar, recheie com couve.

Você também pode usar as sobras da feijoada do dia anterior para fazer esse bolinho

Sirva com bacon em cubinhos e hortelã picadinha.

Fornada de Joelho de Porco


INGREDIENTES:

750 g de joelho de porco cortado em pedaços
750 ml de cerveja
½ vidro de Palmito cortado em rodelas grossas ou a gosto
1 colher (sopa) folha de hortelã picada (ou hortelã desidratada)
sal a gosto

MODO DE FAZER:

Junte os ingredientes e coloque para marinar dentro de 2 sacos plásticos na geladeira por 24 horas.
Corte em rodelas cerca de 250g de inhame.
Faça uma camada de inhame, uma camada da carne de porco marinada, novamente uma camada de inhame e uma camada de carne de porco. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por cerca de 2 horas e ½.
Tire o papel alumínio, coloque 300g de maionese caseira, rale o pão francês do dia anterior no ralador grosso (3 colheres), e jogue pão por cima da maionese.
Leve ao forno para dourar. Enfeite a gosto para servir.

Macarronada


INGREDIENTES:

Macarrão
Bacon
Azeite
Sal
Hortelã
Brócolis cozidos
Banha de Porco

MODO DE FAZER:

Em um panela, frite o bacon na mistura de azeite com uma pequena quantidade de banha de porco. Acrescente o macarrão cozido, pedaços de brócolis, sal e salpique com hortelá picado.

obs: vc pode fazer o macarrão usando esse tempero e molho branco (trigo e água ou leite vegetal) ou com carne de porco moída.

Espaguete ao Molho Branco


INGREDIENTES:

1 porção de espaguete. Pode também utilizar macarrão parafuso ou penne
3/4 de xícara das de chá de leite vegetal (leite de arroz, de inhame ou de mandioca)
1/2 colher das de sopa de farinha de trigo
3 colheres das de sopa de azeite
sal a gosto
hortelã picadinha
Atum, palmito, uva passa, ovos de codorna a gosto

MODO DE FAZER:

1º Em uma panela média, aqueça o azeite e doure o óleo. Adicione o leite vegetal previamente misturado à farinha de trigo e, em fogo baixo, mexa até engrossar. Tempere a gosto. Junte os ingredientes que desejar
Obs.: Tome cuidado que algumas marcas de atum tem caseinato (caseína) e muitas tem glutamato monossódico. Eu prefiro assar o filé de atum com sal grosso no forno e usá-lo nas receitas ao invés de usar enlatados.

2º Junte a massa, mexa, coloque no prato que será servido, salpique hortelã picadinha por cima.

Tabule


INGREDIENTES:

Trigo
Pepino
Azeitona
Broto de Bambu
Azeite
Hortelã
Sal

MODO DE FAZER:

Amoleça o trigo, deixando em uma vasilha com água. Retire o excesso de líquido e acrescente os ingredientes a gosto.

Farofa de Banana


INGREDIENTES:

Banana Nanica – Rica em frutose. Fonte de glicose para proteção do fígado do cardíaco
Farinha de Mandioca
Bacon
Torresmo
Banha de porco
Sal
Hortelã
Azeitonas
Palmito

MODO DE FAZER:

Frite o torresmo e o bacon em banha de porco. Acrescente farinha (a gosto – mais ou menos molhado). Junte os demais ingredientes banana nanica cortada em rodelas.

Maionese Caseira


INGREDIENTES:

02 ovos na temperatura natural (tire antes da geladeira)
óleo de girassol
sal e hortelã à gosto

MODO DE FAZER:

Coloque os ovos no liquilificador e acrescente o óleo de girassol aos poucos até o ponto de maionese, acresceite sal e hortelã à gosto

Pasta ou Manteiga de Semente de Girassol


INGREDIENTES:

1 xícara de semente de girassol torrada e moída
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de frutose
2 colheres de sopa de leite de arroz, leite de inhame ou leite de mandioca (para obter o leite de mandioca, basta passá-la crua na centrífuga)

MODO DE FAZER:

Em um processador, coloque a semente de girassol moída e o óleo. Processe até quase formar uma pasta. Junte a frutose e o leite vegetal. Bata rapidamente até misturar. Está pronto para passar no pão.

Leite de Arroz


INGREDIENTES:

2 xícaras de arroz, qualquer tipo, sem lavar
10 xícaras de água mineral ou 2 litros e meio
1/2 colher (chá) de sal

MODO DE FAZER:

1º Leve ao fogo a água com o arroz e o sal por 15 minutos, não mais que isso.

2º Passe o arroz com a água do cozimento pelo liquidificador, utilizando o modo pulsar em três pulsadas rápidas para apenas quebrar os grãos sem formar uma papa. Se você esperar o arroz esfriar ele cozinhará mais e absorverá mais água e mesmo produzindo o leite da forma descrita, ele ficará bem grosso.

3º Peneire mexendo delicadamente no arroz apenas para sair o líquido. Está pronto para ser utilizado.

Leite de Inhame


INGREDIENTES:

1 inhame japonês pequeno,
1 xícara de água mineral.

MODO DE FAZER:

1º Descasque o inhame, corte-o em pequenos pedaços e bata-o no liquidificador com a água.

2º Coe o leite com um pano de algodão. Utilize-o em seguida ou guarde na geladeira por 3 dias. Se quiser um leite mais ralo, adicione água a gosto. Eu fiz com um inhame médio e duas xícaras de água.

Bolo Areia


INGREDIENTES:

1 xíc. óleo de girassol
1 xíc. de frutose (ou a gosto)
3 ovos
1 xíc. de leite de arroz, de inhame ou de mandioca (para obter o leite de mandioca, passe-a na centrífuga)
2 xíc. de trigo
1 xíc. de polvilho
1 colher de chá de fermento em pó

MODO DE FAZER:

Bata o óleo com a frutose, adicione os ovos um por um alternadamente, o leite e os ingretientes secos juntos, leve ao forno moderado em forma untada com óleo de girassol e trigo.

Bolo de Caneca


INGREDIENTES:

1 ovo
3 colheres (sopa) rasa de óleo de girassol
2 colheres (sopa) rasa de frutose
4 colheres (sopa) rasa de suco de banana nanica (ou maçã, melão, água, etc.)
5 colheres (sopa) rasa de farinha de trigo
1 colher (café) rasa de fermento

COBERTURA

2 colheres (sopa) de frutose
1 banana nanica

MODO DE FAZER:

Em uma caneca coloque um ovo e bata com o garfo. Adicione o óleo, a frutose, o suco sempre misturando. Agregue o trigo, o fermento e misture até uniformizar. Leve ao microondas por 3 minutos potência máxima.

Cobertura: Misture tudo, leve ao fogo e cubra o bolo pronto.

Receita super prática, rápida de fazer

Receita enviada pela Célia de Manoel Plaza – Serra – ES

Obrigada Célia!!!

Doce da Célia


INGREDIENTES:

Um mamão tamanho médio
Três bananas nanica bem grandes
Frutose e passas

MODO DE FAZER:

Amasse as bananas junto com o mamão. Deixe no fogo até secar bastante.

Quando esta mistura estiver bem firme, soltando da panela, coloque algumas passas e deixe secar mais, por último, coloque duas colheres bem cheias de frutose e deixe mais uns 5 min, misturando bem.

Retire do fogo e bata o doce com colher de pau.

Aí está uma deliciosa sobremesa para os cardíacos ou para acompanhar o chá de hortelã na refeição matinal.

Alguns truques da culinária


– Sempre que fizer bolo ou pão de liquidificador com óleo, primeiro coloque no liquidificador os ovos (temperatura ambiente), bata e vá acrescentando o fio de óleo tipo maionese até a mistura ficar mais quente (5 minutos), esse é um dos segredos da culinária para o bolo ficar mais gostoso e não ficar oleoso.

– O pior da fritura é a gordura que espirra. Imagine que isso pode ser evitado salpicando sal no fundo da frigideira antes de acrescentar alimentos ou gordura.

– As receitas que contém fermento de pão, em geral pede-se para deixar dobrar de volume. A questão é calcular quando isso acontece. Existe uma maneira simples de saber quando a massa está crescida. Enfie seu dedo indicador até que fique inteiramente coberto na massa. Retire-o. Se depois de 1 ou 2 minutos ainda permanecer a depressão na massa é porque já terminou o período de crescimento.

– Às vezes queremos usar somente a metade de uma receita, mas aí chegamos a "3" ovos. Meio ovo é fácil de medir. Basta bater o ovo ligeiramente e depois medí-lo.

– Quando uma receita pede que se acrescente o líquido alternadamente com os ingredientes secos, comece e acabe com a farinha, pois assim o bolo ficará mais leve.

– Tábuas de madeira
Alegando que oferecem menos riscos de contaminação, a propaganda promove tábuas de plástico para cortar os alimentos na cozinha como sendo melhores do que as tábuas de madeira. Entretanto, pesquisas mostraram que este conceito está completamente errado e que as tábuas de madeira são mais seguras. Para a maioria das coisas na vida, o natural é melhor.

obs: Amasse 2 bananas nanicas com aveia. Excelente para equilibrar e fazer funcionar os Intestinos do Cardíaco. Coma em jejum e se prepare para ir pro trono.

– Cozinhe arroz integral com suco de frutas, verduras e legumes. Ficará bem mais saboroso.

– Faça purê utilizando inhame no lugar de batatas.

– Todos podem comer frituras, desde que fritos no óleo ou na gordura recomendados.

 

Algumas informações a mais sobre o sal:


O sal refinado não tem praticamente nenhum benefício para o corpo, pelo contrário, pode trazer problemas de saúde incluindo os cálculos biliares. O sal que o corpo pode digerir, assimilar e usar de maneira apropriada é o sal marinho não processado nem refinado (sal grosso) e o sal de pedra.

Principais funções do sal marinho no corpo:

– Estabiliza os batimentos cardíacos e regula a pressão arterial – em conjunto com a água.

– Extrai o excesso de acidez das células do corpo, especialmente as cerebrais.

– Equilibra os níveis de açúcar no sangue, o que é particularmente importante para os diabéticos.

– É essencial para a geração de energia hidroelétrica nas células do corpo.

– É vital na absorção de nutrientes por todo o trato gastrintestinal.

– É necessário para limpar os pulmões de muco e catarros pegajosos, especialmente nos casos de asma e fibrose cística.

– Limpa o catarro e a congestão dos seios paranasais.

– É um potente anti-histamínico natural.

– Pode prevenir cãibras musculares.

– Previne a excessiva produção de saliva. A saliva que flui da boca enquanto dormimos pode ser indicadora da deficiência de sal.

– Auxilia na rigidez óssea. Aproximadamente 27% do sal do corpo se encontra nos ossos. As deficiências do sal e/ou comer sal refinado no lugar de sal marinho são as principais causas de osteoporose.

– Regula o sono, atuando como sonífero natural.

– Previne a gota e a artrite gotosa.

– É vital para manter a libido e a sexualidade.

– Pode prevenir varizes e telangiectasias (“veias de aranha”) nas pernas e nos músculos.

– Fornece ao corpo 80 minerais essenciais. O sal refinado é despojado de todos esses elementos, salvo dois. Também contém aditivos prejudiciais, como silicato de alumínio, um dos principais causadores do mal de Alzheimer.

O biotipo cardíaco deve usar sal sem restrições, pois é seu remédio. 

O hepático deve usar pouco sal. 

O pulmonar, usar sal a vontade (se quiser, come bastante e se não quiser não come nada). 

O renal deve evitar o sal, que pode causar coceiras, edemas, convulsão e até cegueira. O organismo do renal recebe o sal que necessita através dos vegetais que o retira diretamente da terra.

 

Obs: a dieta específica a cada biotipo será fornecida após consulta.